O que é avaliação de desempenho de 360 graus?

0
910

Vivemos hoje em um mundo que se torna mais e mais competitivo a cada momento, onde diversas empresas vem buscando seu espaço para crescer e se consolidar no mercado.

Para alcançar esse objetivo, é necessário que todos os envolvidos estejam afinados com a identidade e as ambições da empresa, o que é influenciado pela capacidade e motivação de cada colaborador.

Para se ter uma visão clara das capacidades, qualidades, deficiências e possíveis melhorias de cada integrante, existem as avaliações de desempenho, que ajudam a medir uma série de fatores dentro da organização.

As capacidades, qualidades, deficiências e possíveis melhorias de cada integrante.
As capacidades, qualidades, deficiências e possíveis melhorias de cada integrante

Essa é uma estratégia de Gestão Pessoal e Desenvolvimento que vai auxiliar os gestores a identificar problemas, necessidades, possíveis mudanças e estratégias para traçar planos.

Com o passar dos anos, foram criadas uma série de formas de realizar essas avaliações, que se desenvolveram em procedimentos que hoje são bem conhecidos pelas empresas e fazem parte do seu cotidiano.

Se valer da avaliação de desempenho é uma forma importante de estar sempre atento a sua empresa como um todo, assim como criar estratégias para a melhorar cada vez mais.

O que é uma avaliação de desempenho?

Uma avaliação de desempenho nada mais é do que uma ferramenta que busca descobrir e analisar qual a situação em que se encontra a qualidade de uma série de fatores dentro de uma empresa.

Ela pode tanto se focar no desempenho pessoal de cada colaborador, dando um valor as suas funções, habilidades e capacidades, como no trabalho como um todo de uma equipe, ou mesmo na liderança de alguém que está em uma posição costumeiramente de avaliador.

Através disso, se busca identificar pontos negativos e positivos de cada integrante da organização, características as quais ele precisa desenvolver ou melhorar e a necessidade de se criar estratégias para alcançar determinados objetivos.

Avaliação de desempenho para os colaboradores.
Avaliação de desempenho para os colaboradores

Para fazer isso foram uma criados uma série de ferramentas capazes de auxiliar na análise, tanto parcial quanto completa, que são escolhidas e usadas de acordo com as necessidades da empresa e seus gestores.

Entre elas está a avaliação de desempenho 360 graus, uma das mais completas e amplas já desenvolvidas, muito utilizada em empresas de grande porte e que valorizam uma contínua cultura de feedback.

Qual a importância de realizar avaliações de desempenho na sua empresa?

Além de dar uma visão mais clara de como está a sua empresa, as avaliações de desempenho também ajudam a perceber quando e onde se faz necessário um aperfeiçoamento dos funcionários, podendo ser um bom método para saber quando é necessário um treinamento, por exemplo.

As avaliações são capazes também de identificar e controlar problemas antes que eles saiam de controle, criando mecanismos que ajudem a reconhecer incidentes e estratégias para lidar com eles o mais cedo possível.

Responsabilidade e competência são essenciais em uma avaliação.
Responsabilidade e competência são essenciais em uma avaliação

Por ser uma ferramenta que busca avaliar o desempenho de cada colaborador, isso trás a tona seus pontos fortes e fracos, o que deve ser usado para potencializar sua evolução.

Através dessa melhora contínua, desenvolvida com base em um sistema de feedback, a motivação dos integrantes de uma empresa, assim como sua satisfação com o trabalho, também aumentam, o que traz enormes benefícios para a organização.

Profissionais mais bem preparados, motivados, satisfeitos e amparados por seus líderes são mais aptos de os ajudarem a alcançar os objetivos traçados por sua empresa, a fazendo evoluir e crescer melhor e mais rápido.

O que é avaliação de desempenho 360 graus?

Como dito anteriormente, a avaliação 360 graus é uma das mais completas e amplas que existe atualmente dentro das empresas, e isso acontece porque ela busca avaliar todos os integrantes na hierarquia da organização de maneira simultânea.

Muitos dos métodos de avaliação de desenvolvimento usado pelas empresas se focam em um caminho único, seja de gestor para colaborador ou colaborador para gestor.

Ou então em avaliações de uma mesma equipe, que visam analisar uns aos outros e seu trabalho em equipe, algo que ajuda na comunicação e relacionamento de um mesmo setor da organização.

Entretanto, no método 360 graus, a avaliação será feita por companheiros de trabalho, superiores, subordinados, gestores, diretores, parceiros e até mesmo por indivíduos externos ao convívio cotidiano, como fornecedores e clientes.

Trabalho em equipe, algo que ajuda na comunicação e relacionamento de um mesmo setor da organização.
Trabalho em equipe, algo que ajuda na comunicação e relacionamento de um mesmo setor da organização

Além de todos esses avaliadores existirá também a autoavaliação, onde cada colaborador irá, de maneira concisa e profissional, realizar uma autocrítica e uma auto reflexão para identificar suas próprias qualidades e deficiências como profissional.

Através de tudo isso, será feita a coleta, tabulação e análise das avaliações, onde as habilidades, competências e comportamentos de todos serão avaliadas de forma que gere um resultado que mais tarde deve ser informado a cada um.

Quais os focos da avaliação 360 graus?

As características a serem avaliadas durante esse processo podem mudar de acordo com a função e setor que está sendo analisada, já que algumas áreas da empresa podem e devem exigir conhecimentos e habilidades específicos.

Entretanto, existem alguns focos básicos para a maior parte dos colaboradores, entre eles quesitos como: produtividade, liderança, proatividade, aptidão profissional, integração, flexibilidade, colaboração, disponibilidade e organização.

É necessário decidir uma lista de prioridades a serem encontradas em cada setor.
É necessário decidir uma lista de prioridades a serem encontradas em cada setor

Antes de realizar a avaliação é necessário decidir uma lista de prioridades a serem encontradas em cada setor, de acordo com as necessidades e habilidades necessárias neles.

Usando disso, o questionário irá buscar perceber se os integrantes daquela área possuem essas características, qual o valor de qualidade delas ou se eles precisam as desenvolver.

Quais os principais benefícios da avaliação de desempenho?

Através da avaliação de suas funções e do constante feedback dessas análises, o colaborador se beneficia de uma relação de confiança e respeito onde ele não apenas é orientado a melhorar, mas também recebe meios e conselhos construtivos sobre como o fazer.

Usando do método de 360 graus, não é apenas uma equipe ou setor que recebe informações sobre a qualidade do seu trabalho, necessidades de mudanças em seus comportamentos e atitudes ou mesmo habilidades que devam ser melhoradas ou desenvolvidas.

Os integrantes em cargos mais altos também são alvos desses apontamentos, o que auxilia na criação e manutenção de uma liderança mais consciente, madura e que tem um cuidado maior com seus liderados.

Uma relação de confiança e respeito onde ele não apenas é orientado a melhorar.
Uma relação de confiança e respeito onde ele não apenas é orientado a melhorar

A forma como cada indivíduo vê seu trabalho dentro da empresa, assim como os outros integrantes dela o veem, é essencial para fazer com que todos se alinhem em busca de alcançar os objetivos da organização.

Mas isso só pode ser feito se todos forem informados sobre quais pontos estão acertando e errando, assim como eles podem evoluir, aprender e melhorar seu relacionamento e comunicação uns com os outros.

Tornando essa troca algo comum dentro da empresa, se cria um ambiente mais acolhedor, respeitoso e acessível a mudanças, além de se consolidar uma cultura de feedback que tende apenas a enriquecer o ambiente de trabalho.

Por que a avaliação 360 graus é uma boa escolha?

A avaliação de desempenho 360 graus acabou se tornando mais utilizada graças aos seus benefícios, entre eles a capacidade de coletar e maximizar a qualidade das informações através de diferentes opiniões.

A pluralidade de opiniões é necessária para ver o colaborador sob várias perspectivas, tendo assim mais certeza sobre o seu desempenho no ambiente de trabalho.

A pluralidade de opiniões é necessária para ver o colaborador sob várias perspectivas.
A pluralidade de opiniões é necessária para ver o colaborador sob várias perspectivas

Por exemplo, imagine que o líder de equipe possui uma visão positiva de um de seus membros, baseado nos resultados entregues e na forma como ele age em frente ao seu superior.

Por outro lado, com seus companheiros de equipe e subordinados, ele age de maneira desagradável e irresponsável em seus afazeres, prejudicando o ambiente de trabalho e diminuindo a motivação de outros colaboradores.

Uma avaliação em linha direta subordinado e líder pode não identificar esses problemas, mas uma avaliação de desempenho 360 graus irá, já que ela leva em consideração todas as partes envolvidas.

Esse método também é capaz de chegar a resultados maiores e completos, o que traz oportunidades de se criar estratégias melhores e mais desenvolvidas para orientar cada indivíduo e guiar a todos em um objetivo comum.

O que traz oportunidades de se criar estratégias melhores.
O que traz oportunidades de se criar estratégias melhores

Além disso, por ser uma análise multidirecional, ela acaba trazendo uma satisfação maior a todos, em especial aqueles que estão em funções onde são subordinados.

Isso porque, ao serem apenas avaliados por pessoas que estão em funções de liderança e poder, elas podem se sentir incomodadas e insatisfeitas por serem o alvo.

Entretanto, na avaliação 360 graus, todos estão conscientes de que a avaliação é feita de forma geral, até porque eles mesmos irão avaliar tanto seus companheiros e subordinados quanto seus líderes e superiores.

O que também é algo que fortalece a liderança de uma empresa, já que permite a ela identificar suas próprias falhas, a visão que seus liderados possuem de si e quais as melhores formas de tornar seu desempenho melhor.

Como fazer a avaliação de desempenho 360 graus?

O primeiro passo para conseguir realizar essa avaliação é obter o apoio dos integrantes em posições mais altas na organização, que devem estar conscientes da importância desse procedimento e de como ele pode ajudar a melhorar a empresa como um todo.

De como o colaborador pode ajudar a melhorar a empresa como um todo.
De como os colaboradores podem ajudar a melhorar a empresa como um todo

Depois disso é necessário definir de maneira clara quais competências serão avaliadas, tanto de forma geral quanto em setores específicos, que podem e devem conter questões mais personalizadas para suas necessidades.

Com isso já traçado é preciso desenvolver um questionário que seja claro e fácil de ser respondido por todos, sem que dúvidas possam surgir ou que exista questões com teor abstrato.

Mas, antes de pedir que todos os respondam, é necessário conseguir o apoio dos gerentes, os treinar para realizar a avaliação e também para que eles sejam capazes de conscientizar, informar e explicar sobre para seus liderados.

A comunicação entre todos os integrantes da empresa é um dos fatores mais importantes tanto antes quanto durante e depois da avaliação de desempenho, especialmente porque todos devem estar de acordo com a importância desse procedimentos e dispostos a participarem dele.

Além da comunicação é necessário também organização, tanto ao criar uma forma funcional de realizar a pesquisa quanto na catalogação dos resultados, análise deles e a entrega.

É necessário conseguir o apoio dos gerentes, os treinar para realizar a avaliação.
É necessário conseguir o apoio dos gerentes, os treinar para realizar a avaliação

Por fim, é aconselhável que a própria avaliação seja avaliada, através da opinião de colaboradores, gestores e da diretoria da empresa sobre como foi todo o processo e quais melhorias ela trouxe a organização.

Como informar os resultados da avaliação?

Depois de toda e qualquer avaliação de desempenho, o mais importante é informar o avaliado sobre os seus resultados, já que ele só será capaz de melhorar a si mesmo através disso e esse é justamente o objetivo do processo.

É necessário, então, que cada líder de equipe converse, de maneira privada, com o colaborador, apontando os pontos principais da sua avaliação e lhe dando orientações sobre quais os pontos que ele deve melhorar e quais deles vem se saindo bem.

É necessário que cada líder de equipe converse, de maneira privada, com seus colaboradores.
É necessário que cada líder de equipe converse, de maneira privada, com seus colaboradores

Essa reunião deve ser uma conversa respeitosa, onde aquele que está em uma posição de liderança informa de forma a ajudar o colaborador a refletir sobre seu desempenho e o auxilia a criar estratégias para melhorar.

Nela, é possível também usar o PDI (Plano de Desenvolvimento Individual), onde os dois criam, em um acordo mútuo, um plano com ações que devem ser tomadas dentro de um determinado prazo, que serão acompanhadas pelo gerente para conferir se houve uma melhora no desempenho.

Existe um momento em que não se deve fazer uma avaliação 360 graus?

Apesar de ser uma método usado por muitas empresas e que possui uma série de benefícios com seu uso, existem situações onde a avaliação de desempenho de 360 graus talvez não seja a melhor opção.

Elas são, em sua maioria, situações onde falta preparação de todos os indivíduos para lidar e compreender o processo, ou mesmo maturidade dos indivíduos para receber e lidar com o feedback, assim como para os dar.

A empresa deve também ter capacidade e estar disposta a dar todo apoio para que os colaboradores possam se dedicar a melhorar suas competências.

A relação entre colaboradores e avaliadores é essencial para que tudo funcione corretamente.
A relação entre colaboradores e avaliadores é essencial para que tudo funcione corretamente

Antes de usar de uma ferramenta tão ampla em sua empresa é necessário ter a certeza de que existe um costume de se trocar feedback entre os integrantes. Os avaliados também devem estar há um tempo o suficiente desempenhando suas funções para se sentirem confortáveis nessa situação de avaliação.

Landing Strategybox
Artigo anteriorO que é avaliação de desempenho de 90 graus?
Próximo artigoO que é e para que serve o CAGED?
Luciana André atua há 25 anos como executiva de empresas. Formada em Administração, possui pós-graduação em Finanças e MBA em Varejo e Mercado de Consumo pela USP. Profissional com experiência no Brasil e no exterior, atuou por 19 anos como executiva da multinacional de varejo C&A em áreas como Compras, Produtos, Planejamento e Projetos. Na área de Projetos, foi uma das líderes da equipe que comandou a implantação do ERP Oracle no Brasil e no México. Com grande habilidade estratégica e negocial, Luciana se juntou ao time da StrategyBox com o desafio de estruturar os sistemas de controle e vendas da empresa e dirigir a área Comercial. Sua capacidade em gerar resultados consistentes vem contribuindo muito para o crescimento da StrategyBox e sua liderança no mercado de premiação, incentivo e reconhecimento.